10 truques de redação que só os profissionais conhecem

0
10
Fonte: unsplash.com

Muitos estudantes do ensino médio e da universidade detestam escrever ensaios. É um grande projeto que frequentemente precisa de muito esforço e foco.

Um ensaio destina-se a examinar o nível de sua análise analítica e sua capacidade de aplicar esse raciocínio a um estilo acadêmico escrito. Você pode conferir WriteMyEssayToday.net, eles abordarão vários aspectos cruciais ao escrever um ensaio acadêmico na universidade e fornecerão dicas profissionais que você pode usar agora.

1. Analise

Fonte: unsplash.com

Normalmente, os ensaios são reflexões que os alunos precisam abordar após o tópico e o filme. A primeira coisa que você deve fazer é analisar o tema. Examine minuciosamente e então você escreverá os pensamentos que você tem para isso.

Na maioria dos casos, as perguntas dissertativas são compostas pelas três seções a seguir:

  • Termos sobre o conteúdo: ideias fundamentais que são exclusivas da atividade
  • Critérios definidores: a esfera particular em que a discussão se concentrará
  • Diretiva: Nesse contexto, as palavras diretivas referem-se ao que você deve realizar em relação ao tópico, como discutir, analisar, definir, comparar e avaliar.

2. Esboce seu argumento

Você deve pensar um pouco no argumento que fornecerá no ensaio enquanto pesquisa e se prepara para compô-lo. Isso implica adotar uma postura ou ponto de vista educado sobre o assunto abordado na investigação, seguido pela definição e apresentação de um determinado argumento.

3. Empregar Pesquisa, Evidência e Raciocínio Objetivo

Fonte: unsplash.com

Usar estudos científicos como suas fontes pode ser um bom começo para persuadir seus leitores de que seu ponto de vista é válido. Use evidências baseadas na abordagem lógica para avaliar seu ponto geral. Consulte seus ensaios acadêmicos pesquisados ​​e coloque-os em seu trabalho corretamente.

  • Evidência de Pesquisa: Sua afirmação deve ser apoiada por evidências, que são informações mais tangíveis.
  • Raciocínio factual: Sua linha de raciocínio deve conectar os pontos entre os fatos e seu argumento. Você não deve apenas recitar a evidência como se fosse uma lista de compras; em vez disso, você deve examinar as evidências e demonstrar como elas apóiam seu caso.
  • Raciocínio Objetivo: É utilizado para demonstrar como seu argumento se relaciona com as publicações de outras pessoas que foram feitas sobre o assunto (citando trabalhos específicos). Raciocínio objetivo é qualquer coisa que possa ser utilizada como prova e justificativa para apoiar a afirmação que você está fazendo.

4. Escreva com um pensamento completo

Certifique-se de que o ensaio é compreensível e fácil de compreender para obter uma nota alta. A clareza é importante, bem como todo o ponto de seu ensaio. Revise e edite seu trabalho escrito para elevar um ensaio decente e fazer um ponto geral direto. Use os argumentos que você tem e empregue-os usando frases simples e compreensíveis.

Ao editar seu ensaio, você deve tentar vê-lo de uma nova perspectiva, quase como se tivesse sido escrito por outra pessoa.

5. Escreva frases originais

Fonte: unsplash.com

A estrutura básica de um ensaio baseado no modelo de três pontos consiste em apenas cinco declarações únicas, que são cercadas por parágrafos que fornecem evidências de apoio para essas cinco frases. Se estiver se sentindo sobrecarregado, tente escrever frases que abordem os aspectos mais fundamentais e vitais do seu argumento.

6. Cite corretamente

Certifique-se de que suas citações estejam corretas e apropriadas ao estilo de citação solicitado. Alguns professores podem exigir que você use um estilo de citação, por exemplo, Chicago ou Harvard, enquanto outros podem lhe dar a liberdade de usar o que quiser. Você é obrigado a aderir aos requisitos de qualquer estilo que escolher empregar com precisão e consistência.

7. Cuide do seu público

Fonte: unsplash.com

Pense nas pessoas que estão lendo sua redação, seja um professor, um oficial de admissões, seus colegas de classe ou o público em geral na internet.

Você deve sempre deixar seus leitores guiarem o idioma que você usa. Para começar, o público decide se o ensaio é formal ou informal, o que tem uma influência significativa na linguagem usada, na seleção de palavras e no tom geral da peça.

8. Cuide do processo de escrita

É essencial aderir a um processo produtivo de escrita, esteja você escrevendo um ensaio informal, um artigo científico, um trabalho de tese, um livro, um conto, um poema longo ou até mesmo um artigo de blog. Mesmo que você opte por escrever seu rascunho primeiro, ainda precisa ter uma estrutura organizada que permita modificar e aperfeiçoar o que escreveu.

9. Esteja ciente da estrutura do ensaio

Fonte: pexels.com

A organização de um ensaio quase adere a uma estrutura simples de começo-meio-e-fim, ou neste exemplo, um formato introdução-corpo-conclusão. O conteúdo dessas partes, por outro lado, é o que diferencia uma coisa da outra.

10. Cuide da sua gramática sempre

Não é tudo sobre as palavras que você entrega, mas como você as expressa. Não importa se você tem a teoria mais aparente e empiricamente envolvente; se a sua escrita for pouco clara, incompreensível e cheia de falhas, será difícil para o seu leitor conectar-se com o que você tem a dizer. Se o seu ensaio não estiver indo a lugar nenhum, os leitores não terminarão seu ensaio.

Por que os alunos acham difícil escrever ensaios?

Quando se trata de redação acadêmica, muitos alunos lutam para escrever sua própria composição do tópico. E quando eles abordam um determinado tópico, eles acham difícil tecer frases que pareçam um bom ponto de vista sobre o assunto em questão.

Aqui estão algumas razões:

  • Os alunos obtêm distraídos pela internet e redes sociais.
  • Você está tentando obter um A em vez de criar algo genuinamente bom.
  • Você deseja realizar a menor quantidade de trabalho possível.
  • Os alunos geralmente se concentram nesses fatores específicos, como obter uma nota de aprovação, ganhar o favor de nosso professor ou simplesmente evitar acusações de plágio.
  • A dificuldade é que, quando você se concentra na aprovação dos leitores, não apenas torna a escrita muito menos agradável, mas também a torna substancialmente mais desafiadora.

Conclusão

Especialmente para ensaios acadêmicos, o leitor procurará ver com que eficácia você cobre o básico do assunto. Uma coisa é estar atento ao formato das redações e as etapas envolvidas no processo de escrita. Use essas dicas profissionais para escrever sua redação como um profissional.